Cloudflare: Uma ferramenta poderosa para proteger e acelerar seu site

alphimedia hospedagem de site barata
logo cloudflare

Sites e aplicativos da web tornaram-se comuns nos dias de hoje. Para muitas coisas, temos um site (ou) um aplicativo da web para fazer essa tarefa. A maioria desses sites e aplicativos da web são seguros e privados principalmente, mas muitas pequenas empresas e não técnicos têm acesso limitado às suas políticas de segurança. A Cloudflare ajuda a fornecer segurança e desempenho para esses tipos de sites.

A Cloudflare é um provedor de infraestrutura de Internet, cuja ideia é aprimorar a segurança, o desempenho e a confiabilidade de qualquer coisa conectada à Internet. A Cloudflare oferece a maioria dos recursos principais gratuitamente e oferece uma configuração simples para instalação e uso. A Cloudflare tem interface de usuário e API para gerenciar seu site.

Cloudflare funciona em um modelo Freemium, mas oferece a maioria de seus recursos principais gratuitamente, com alguns limites.

Principais recursos do Cloudflare

  • Hospedagem DNS
    O DNS é responsável por traduzir nomes de domínio em endereços IP, a Cloudflare fornece hospedagem DNS para gerenciar registros DNS e os registros da Cloudflare entram em vigor muito rapidamente na maioria dos casos.
  • CDN
    Content Delivery Network é um serviço que armazena em cache seu site e entrega o site geograficamente do servidor mais próximo, o que, por sua vez, aumenta a velocidade de carregamento do site para o visitante.
  • SSL/TLS
    A Cloudflare fornece SSL gratuito para o nome de domínio e subdomínios.
  • Firewall
    Limitado a 5 regras, o firewall da Cloudflare fornece uma maneira de bloquear o tráfego usando endereço IP, nome do host, bots conhecidos, URI e muito mais.
  • Regras de página
    Limitadas a 3 regras As regras de página fornecem funções diferentes, como redirecionamentos, alterações para HTTPS e muito mais.
  • Aplicativos
    Os aplicativos da Cloudflare oferecem diferentes funcionalidades com apenas um clique no botão.
  • Analytics
    A análise da Cloudflare fornece análises simples para o seu site.
  • Registro
    Cloudflare fornece registro de domínio por preço de atacado com privacidade no Whois.
  • Workers
    Aplicativos sem servidor executados em linguagens como JavaScript, C, C++ e Rust.

Funcionamento da Cloudflare

rede de servidores cdn

Muitos hosts da web fornecem integração direta com a Cloudflare usando seu painel de controle, mas você também pode se inscrever diretamente no site da Cloudflare. Faça sua inscrição, adicione seu site, siga as instruções e, por fim, altere os servidores de nome do seu domínio para os informados pela Cloudflare.

Tecnicamente, a Cloudflare atua como um proxy reverso, o que significa que o tráfego completo será roteado por meio de servidores Cloudflare espalhados por 200 cidades em todo o mundo. A Cloudflare é o primeiro serviço a combinar segurança com desempenho. Os servidores Cloudflare, que são chamados de servidores “Edge” pela empresa, armazenam em cache o conteúdo da página da web e servem então como CDN, e como o tráfego precisa tocar o servidor Edge antes do servidor web original, a Cloudflare pode bloquear qualquer bot malicioso, proteger contra DDoS, e também pode bloquear o tráfego de acordo com as regras do firewall.

Conclusão

Usar uma CDN é uma ótima maneira de acelerar seu conteúdo da web. Seja um blog local ou um site de comércio eletrônico, CDNs, como Cloudflare, podem ajudar a melhorar o desempenho e a acessibilidade do seu site. A Cloudflare é única porque também pode melhorar sua segurança.

Entenda como o NGINX pode otimizar sites que necessitam de alta performance

e-consulters site com mais velocidade e desempenho

logo nginx

O que é NGINX?

NGINX  é um software de código aberto para servidores web, proxy reverso, cache, balanceamento de carga e streaming de mídia – e é amplamente utilizado por sua arquitetura leve de alto desempenho

O que é o servidor NGINX?

O servidor NGINX é um servidor web gratuito e de código aberto. Ele roda em sistemas operacionais Linux/Unix de 64 bits e é amplamente utilizado para sites de alto desempenho devido à sua arquitetura leve em comparação com os servidores Apache. Neste artigo, forneceremos informações básicas sobre o NGINX, exemplos de configuração e quais módulos são necessários para determinados recursos do seu site. Também responderemos a perguntas frequentes sobre os servidores NGINX e forneceremos soluções práticas para problemas comuns encontrados na web.

Mais sobre o servidor NGINX

Nginx é um servidor web de alto desempenho com uma arquitetura leve. Ele é executado em sistemas operacionais Linux/Unix de 64 bits e é amplamente usado para sites de alto tráfego porque pode lidar com mais conexões simultâneas do que os servidores Apache. O Nginx demonstrou superar o Apache em benchmarks, especialmente ao servir arquivos estáticos.

O arquivo de configuração do NGINX está localizado em /etc/Nginx/Nginx.conf e contém diretivas que controlam a operação do servidor. Os módulos NGINX estão localizados no diretório /usr/lib64/Nginx/modules. Os módulos mais utilizados são:

  • core – funcionalidade básica do Nginx
  • SSL – fornece suporte SSL
  • proxy – habilita o suporte a proxy reverso
  • geo – habilita o suporte de geolocalização
  • event – ​​habilita o modelo de programação orientado a eventos

Existem muitos outros módulos disponíveis, e a lista muda com frequência. Você pode encontrar uma lista atual de módulos NGINX no wiki do NGINX.

Como funciona o servidor NGINX?

NGINX é um poderoso software de servidor web que pode lidar muito bem com grandes volumes de tráfego. Também é de código aberto e de uso gratuito. Neste artigo, veremos como o NGINX funciona e alguns de seus benefícios.

O NGINX usa um modelo de mestre-trabalhador no qual um processo mestre delega tarefas a processos de trabalho. O NGINX é geralmente usado como um software de servidor web que pode lidar muito bem com grandes volumes de tráfego, mas também é capaz de atuar como proxy reverso e balanceador de carga.

Um dos principais benefícios do NGINX é sua capacidade de lidar com um grande número de conexões simultâneas. Ele pode fazer isso usando uma variedade de técnicas, como manter as conexões abertas por longos períodos de tempo ou, alternativamente, usando programação orientada a eventos. Nesta última abordagem, novas solicitações são recebidas pelos processos de trabalho quando necessário.

O NGINX também é capaz de fornecer conteúdo estático com muita rapidez e eficiência, pois pode fornecê-los diretamente da RAM se eles tiverem sido armazenados em cache antes ou servidos a partir de um dispositivo de armazenamento, como um SSD. O NGINX tem seu próprio sistema de cache chamado FastCGI, que também é usado pelo PHP.

O NGINX funciona na maioria dos sistemas operacionais do tipo Unix e demonstrou ter um bom desempenho mesmo sob cargas muito altas, tornando-o um servidor web favorito para muitas empresas de hospedagem e grandes sites como Facebook e Wikipedia, que recebem milhões de acessos por dia.

Concluindo, o NGINX é um software de servidor web poderoso e versátil que possui muitos benefícios em relação a outras opções, como o Apache. É de código aberto e de uso gratuito, pode lidar muito bem com grandes volumes de tráfego e também é capaz de fornecer conteúdo estático com rapidez e eficiência. Se você está procurando um servidor web que seja confiável e possa lidar com altas cargas, então o NGINX é uma ótima escolha.

Benefícios de usar o servidor NGINX

O NGINX é um servidor proxy reverso de código aberto que possui recursos para resolver seus problemas de hospedagem. É conhecido por sua velocidade, confiabilidade e rico conjunto de recursos.

Hoje em dia é preferido pela maioria dos hosts da web porque permite lidar com mais tráfego em uma única máquina enquanto reduz a utilização de recursos. A razão pela qual o NGINX é usado com mais frequência do que o Apache é que ele permite uma melhor utilização da memória e uma melhor velocidade de carregamento de páginas da web.

O NGINX, pronunciado como Engine X, foi lançado por Igor Sysoev em 2002. Desde então, teve um tremendo crescimento. Há muitos benefícios de usar o servidor NGINX, veja abaixo:

É mais rápido que Apache e LiteSpeed. O NGINX foi projetado de tal forma que envia a resposta de volta ao cliente somente após o carregamento completo de todos os componentes desse arquivo na memória, enquanto no caso do Apache, cada módulo é carregado na memória separadamente quando necessário. Isso resulta em uma melhor utilização dos recursos, tornando seu site mais rápido. É mais eficiente em termos de recursos. Ele usa uma quantidade menor de RAM e não requer reinicializações frequentes.

É escalável. Você pode adicionar ou remover servidores web NGINX de acordo com o tráfego do seu site e seu desempenho não será afetado. O NGINX Plus suporta servidores web populares com um gateway de API para tráfego de entrada e suporte comercial.

Ele suporta balanceamento de carga e reverte a funcionalidade de proxy imediatamente sem instalar nenhum software adicional. Ele vem com uma ampla gama de recursos de sistema sem extensão quando comparado a outros servidores.

Ele suporta os protocolos HTTP, HTTPS, SMTP, POP3 e IMAP para comunicação entre servidores web e clientes. Requer autenticação de servidor HTTP externo e um balanceador de carga HTTP com arquitetura assíncrona.

Ele pode ser facilmente integrado a vários softwares de terceiros, como o WordPress, o que permite executar seu blog com mais eficiência no servidor NGINX.

Não tem problemas de licenciamento. Ele é licenciado sob a licença BSD, o que significa que é gratuito para uso comercial e não comercial.

Ele pode ser usado como um proxy HTTP ou de correio, um proxy reverso ou um servidor Web FastCGI.

Conclusão

O servidor NGINX é um servidor web por HTTP que lida com solicitações de entrada para um site. O NGINX é o servidor HTTP de alto desempenho mais popular em uso atualmente, com um aumento significativo de participação desde 2015.

NGINX significa Engine X. Ele foi criado inicialmente por Igor Sysoev e agora é desenvolvido ativamente por uma comunidade de cerca de centenas de programadores. O principal objetivo do NGINX é ser um servidor web, mas também pode atuar como proxy reverso e cache HTTP, tornando-o bastante flexível para que seu uso vá além de meramente servir páginas web.

Atualmente, o NGINX é usado por mais da metade dos 1.000 principais sites do mundo, portanto, você o encontrará em praticamente todos os datacenters. O NGINX é reconhecido por seu desempenho, estabilidade, rico conjunto de recursos, configuração simples e baixo consumo de recursos.

5 motivos por que seu site está lento e como resolver

hospeda meu site hospedagem barata
problemas com site lento

Ninguém gosta de esperar. Quanto mais tempo uma página demora para carregar, parece que menos vontade temos de insistir nele, não é? Isso também vale para a maioria dos potenciais visitantes do seu site.

Um site lento tem mais dificuldades para gerar valor à sua empresa. Uma loja virtual, por exemplo, pode perder um grande volume de vendas se os clientes não tiverem paciência para esperar. Velocidade é essencial para atender o seu público, seja lá quem ele for.

Para começar, é sempre importante saber se o problema é com o seu site ou com a sua conexão. Uma forma rápida de fazer esse teste é usando a internet 4G ou 3G do seu celular para acessar o seu site. Se a lentidão persistir, então ele deve estar ocorrendo com todos os seus visitantes.

Quer saber como prosseguir? Então, conheça a seguir os 5 principais motivos por que o seu site está lento e como resolvê-los:

1. Hospedagem ruim

A qualidade do seu serviço de hospedagem tem um impacto direto na performance do seu site. Se ele está lento, o primeiro passo deve ser o de buscar a ajuda do suporte técnico para avaliar se é um problema pontual.

Ao escolher uma hospedagem para o seu site, avaliar a velocidade de carregamento é um dos passos fundamentais. Faça uma comparação com outros serviços e considere uma migração para melhorar a sua performance.

2. Código mal otimizado

Cada vez que um navegador de internet carrega o seu site, ele precisa ler todo o código-fonte das suas páginas. Se ele estiver mal otimizado, exigirá mais tempo para ser completamente carregado. 

Felizmente, existem várias formas de otimizar o seu código. Você pode procurar por funções que não são utilizadas ou scripts que deixam suas páginas mais pesadas. Consulte um desenvolvedor para fazer uma boa limpeza nesse sentido.

3. Imagens pesadas demais

Ter fotos bonitas e nítidas em seu site é uma ótima forma de conquistar seus visitantes. No entanto, tome cuidado para não exagerar. Afinal, imagens com tamanho muito grande tendem a fazer com que o seu site fique lento.

A solução para isso está no uso de compressão para diminuir o peso desses arquivos. Também é válido trabalhar com resoluções que não sejam maiores do que o necessário.

4. Falta de um bom cache

Sites da internet que não utilizam cache tendem a ser mais lentos. Com cache, acessos repetidos não exigem um carregamento completo de todos os seus recursos, como o código e as imagens.

Então, procure por um recurso de cache no seu painel administrativo. Ele armazenará os elementos do seu site para acesso rápido, proporcionando um carregamento mais veloz para seus visitantes.

5. Vírus ou malware

Por fim, outro possível motivo para o seu site estar lento é a presença de vírus e malware. Eles também podem infectar páginas da internet, então é fundamental que você tenha atenção para a proteção dos seus arquivos.

Assim como em um computador, a solução envolve o uso de antivírus. A diferença é que você precisa executá-lo a partir do seu servidor de hospedagem. Consulte o serviço de hospedagem que você utiliza ou um desenvolvedor para auxiliá-lo a resolver o problema, caso necessite.

Ao ficar de olho nesses possíveis motivos para ter um site lento, você poderá aprimorar a performance de carregamento das suas páginas. Isso será essencial para que os seus visitantes naveguem mais e, assim, prefiram fazer negócio com você.