Quais as principais entradas da zona DNS e para que servem?

e-consulters seu site com mais velocidade e desempenho
entradas zona dns

A zona DNS é uma parte importante da infraestrutura de rede que permite a resolução de nomes de domínio para endereços IP. Ela é composta por diversas entradas, cada uma com sua própria função. Aqui estão as principais entradas da zona DNS e o que elas fazem:

  1. A (Host) – Esta entrada é usada para mapear um nome de domínio para um endereço IP. Por exemplo, “www.exemplo.com” pode ser mapeado para “192.0.2.1”.
  2. MX (Mail Exchange) – Esta entrada é usada para especificar qual servidor de e-mail é responsável por receber mensagens para um determinado domínio.
  3. NS (Name Server) – Esta entrada especifica qual servidor DNS é responsável por gerenciar uma zona DNS específica. Isso é importante para garantir que as informações da zona sejam consistentes e precisas.
  4. CNAME (Canonical Name) – Esta entrada é usada para criar um alias para um nome de domínio já existente. Por exemplo, “www.exemplo.com” pode ser um alias para “example.com”.
  5. TXT (Text) – Esta entrada na zona DNS é usada para armazenar informações de texto adicionais sobre um domínio. Ela é frequentemente usada para fins de verificação, autenticação e segurança.
  6. PTR (Pointer) – Esta entrada é usada para mapear um endereço IP para um nome de domínio. Isso é útil para permitir que os usuários acessem um host usando um nome de domínio em vez de um endereço IP.
  7. SRV (Service) – Esta entrada é usada para especificar os serviços disponíveis em um determinado domínio. Isso é útil para permitir que os usuários encontrem facilmente os serviços de que precisam, como o servidor de e-mail ou o servidor de arquivos.

Em resumo, as entradas da zona DNS são fundamentais para garantir que os usuários possam acessar os recursos da rede de maneira eficiente e precisa. Elas permitem que os nomes de domínio sejam mapeados para endereços IP, servidores de e-mail e outros recursos, garantindo assim uma melhor experiência para usuários e administradores de rede.

Editando o hosts da máquina para testar um site antes de alterar os DNS

seu site precisa de mais velocidade e desempenho? e-consulters
mudando arquivo hosts do computador

Quando se trata de desenvolvimento de websites, é comum precisarmos testar o site antes de fazer alterações no DNS (Domain Name System) do domínio. Isso garante que tudo esteja funcionando corretamente antes de tornar o site acessível ao público em geral. Uma maneira de fazer isso é mudando o arquivo de hosts da sua máquina.

O arquivo de hosts é um arquivo de sistema que contém uma lista de endereços IP e nomes de domínio. Quando você digita um endereço no seu navegador, ele verifica primeiro se há um endereço IP associado ao nome de domínio no arquivo de hosts. Se houver, ele usará esse endereço IP ao invés de procurar o endereço real através dos DNS.

Para mudar o arquivo de hosts, siga estes passos:

  1. Abra o arquivo de hosts em seu sistema. No Windows, ele geralmente fica em “C:\Windows\System32\drivers\etc\hosts”, enquanto no Mac ou Linux ele fica em “/etc/hosts”.
  2. Abra o arquivo com um editor de texto. Lembre-se de que você precisará de privilégios de administrador para editar o arquivo.
  3. Adicione uma nova linha no final do arquivo com o endereço IP do seu servidor de teste e o nome de domínio que você deseja testar. Por exemplo: “192.168.1.100 meusite.com”.
  4. Salve e feche o arquivo.
  5. Agora, quando você digitar “meusite.com” no seu navegador, ele usará o endereço IP que você adicionou no arquivo de hosts, ao invés de procurar o endereço real através dos DNS. Isso permitirá que você visualize o site em desenvolvimento antes de fazer alterações no DNS.

Lembre-se de que essa mudança só será efetiva na sua máquina, então qualquer outra pessoa que tentar acessar o site usando o nome de domínio não verá as alterações. Quando você estiver pronto para tornar o site acessível ao público, basta remover a linha que você adicionou no arquivo de hosts e alterar os DNS.

Em resumo, mudar o arquivo de hosts é uma ótima maneira de testar um site antes de fazer alterações nos DNS. Isso permite que você visualize o site em desenvolvimento sem afetar o acesso ao site pelo público. Lembre-se de que essa mudança só será efetiva na sua máquina, então é importante testar o site em vários dispositivos e navegadores para garantir que tudo esteja funcionando corretamente antes de fazer alterações nos DNS. Além disso, é importante lembrar de desfazer as alterações no arquivo de hosts e mudar os DNS quando estiver pronto para tornar o site acessível ao público. Seguindo esses passos, você pode garantir que seu site esteja pronto para ser lançado sem problemas.

O que é DNS e como ele é importante para meu site?

ganhe a confiança do seu cliente com hostinger
o que é dns do site

O DNS (Domain Name System) é um sistema que permite a tradução de nomes de domínio em endereços IP. Isso é importante porque os nomes de domínio são mais fáceis de serem lembrados pelos usuários, enquanto os endereços IP são os números reais que identificam cada dispositivo na Internet.

Quando um usuário digita um endereço de um site no navegador, o DNS é responsável por traduzir esse endereço para o endereço IP correspondente. Isso permite que os usuários acessem sites usando nomes de domínio fáceis de serem lembrados, em vez de ter que se lembrar dos endereços IP complexos.

Além disso, o DNS também permite a configuração de registros de DNS personalizados, como registros MX para e-mails e registros CNAME para subdomínios. Isso possibilita uma melhor organização e gerenciamento de um site.

Em resumo, o DNS é essencial para o funcionamento correto da Internet, pois permite a tradução de nomes de domínio em endereços IP e garante uma melhor organização e gerenciamento de um site. Sem ele, os usuários teriam que se lembrar dos endereços IP complexos de cada site, tornando a navegação na Internet muito mais difícil.

Controle acesso de IPs ao seu site pelo .htaccess

Hospeda Meu Site

Em alguns momentos é necessário bloquear ou liberar o acesso ao seu site ou pasta específica de seu site para alguns IPs, por exemplo para evitar ataques de IPs de determinados países onde não possuí público para sua página, para proteger uma área de seu site que pode ser acessada apenas através de seu IP, dentre outras possibilidades.

Para realizar o bloqueio é bem simples, basta adicionar o seguinte conteúdo no arquivo .htaccess de seu site ou de alguma pasta que deseja controlar o acesso. Poderá criar um arquivo .htaccess caso não exista um para seu site ou pasta que deseja bloquear.

order allow,deny
allow from all
deny from 111.111.1.111

* O IP bloqueado neste caso é 111.111.1.111

Pode bloquear mais de um IP facilmente também, veja o exemplo abaixo:

order allow,deny
allow from all
deny from 111.111.1.111
deny from 111.222.2.222

Também tem como liberar o acesso apenas para um IP e bloquear para os demais:

order deny,allow
deny from all
allow from 111.111.1.111

* Apenas o IP 111.111.1.111 terá acesso a visualização do site.