Como vender mais com meu site?

kinghost hospedagem de sites
como vender mais com meu site

Não dá para negar, o lucro é o principal objetivo de todo empreendedor. Afinal, quem é que não quer ganhar dinheiro com o próprio negócio? Quem disser o contrário, provavelmente está se enganando. Claro que abrir uma empresa também está relacionado a realização de um desejo, de um sonho antigo, mas mesmo assim não se pode negar o prazer que é ver sua ideia se tornando realidade e sua conta bancária engordando.

Contudo, não é tão fácil como se imagina chegar no pote de ouro no fim de arco-íris. E se você está tendo dificuldade em alavancar as vendas do seu site e gostaria de dicas de como mudar isso, você está no lugar certo. Abaixo, separamos alguns passos que você deve seguir à risca para fazer suas vendas bombarem como nunca. Vamos lá? 

Como fazer meu site vender mais? 

Direcione seu público/vendas 

Você montou seu site bonitinho, mas ele não está vendendo como você imaginou que estaria? Bom, já pensou que isso possa estar acontecendo por que você não direcionou suas vendas? Existe um erro fatal e comum praticado por muitos novos empreendedores: o de querer abraçar o mundo. Não faça isso.

No momento que for colocar seu portal no ar, deixe claro para quem ele foi criado, ou seja, defina o seu público-alvo. Por mais que as visitas sejam menores, o importante é que elas sejam efetivas. Não adianta você ter um tráfego grande, mas não vender nada.

Facilite a compra 

Não basta deixar o botão de compra bem posicionado, o cliente não pode sentir nenhuma dificuldade na hora de finalizar o pedido, isso fará ele desistir de adquirir seu produto, sem pensar duas vezes. No momento que for construir essa parte, análise, se coloque no lugar do consumidor. Evite incluir muitas etapas ou de pedir dados muito difíceis de serem preenchidos. 

Esteja disponível para ajudar 

Por mais que você tenha deixado o processo de compra o mais fácil possível, é normal que surjam dúvidas por parte dos clientes, e é aí que você entra. Esteja sempre disponível para ajudar, para sanar qualquer questão que ele tenha. Por mais que o seu layout seja maravilhoso, você não pode negligenciar o atendimento. É isso que faz a diferença no sucesso ou no fracasso de qualquer negócio. Basta pensar: você compraria de uma empresa que não te atendeu bem? Sabemos a resposta. O mesmo acontece com o seu público. 

Ah, e não adianta ser cortês só pra garantir a venda. A qualidade do atendimento tem que ser a mesma antes, durante e depois da compra. 

Surpreenda nos detalhes 

Com as tecnologias, as vendas estão cada vez mais mecânicas e automáticas, o que tem as suas vantagens, não podemos negar. Mas o público sente falta de um tratamento mais pessoal, nunca duvide disso. Que tal, por exemplo, na hora que for enviar sua encomenda, escrever um bilhete a mão para o seu cliente? Ou investir em um brinde personalizado?

Todo consumidor quer se sentir próximo da empresa que consome, ele quer se sentir importante para aquela entidade, não menospreze esse fato. Acredite, no fim das contas, faz total diferença entre ele escolher você ou o seu concorrente. Por isso, não deixe nunca de investir nos detalhes, isso te deixará à frente da concorrência. 

Se você seguir todas essas dicas, temos certeza que suas vendas vão crescer do jeito que você imaginou. Além do passo a passo que falamos aqui, não deixe de se manter atualizado sobre o seu ramo, essa é a única forma de você proporcionar a melhor experiência possível para o seu público-alvo. 

Agora é mãos na massa e boas vendas!

O que é um sitemap e porque ele é importante para seu site?

Hospeda Meu Site

Se você possui ou mantém um site, não seria ótimo se você recebesse visitantes frequentes que encontrassem satisfação em obter exatamente as informações de que precisam em sua página?

Em 2005, o mecanismo de busca Google lançou o Protocolo Sitemap 0.84, projetado para usar o formato XML.

Um sitemap é uma forma de organizar um site, identificando as URLs e os dados de cada seção. Anteriormente, os sitemaps eram voltados principalmente para os usuários do site. No entanto, o formato XML do Google foi projetado para os motores de busca, permitindo-lhes encontrar os dados de forma mais rápida e eficiente.

O novo protocolo de sitemap do Google foi desenvolvido em resposta ao tamanho e complexidade crescentes dos sites. Os sites de negócios geralmente continham centenas de produtos em seus catálogos; enquanto a popularidade dos blogs levou os webmasters a atualizarem seu material pelo menos uma vez por dia, sem falar nas ferramentas populares de comunidades, como fóruns e redes sociais. À medida que os sites ficavam cada vez maiores, era difícil para os mecanismos de pesquisa rastrearem todo esse material.

Por meio do protocolo XML, os motores de busca podem localizar as URLs de forma mais eficiente, otimizando o rastreamento do site ao colocar todas as informações em uma única página. O arquivo XML também resume a frequência com que um determinado site da Web é atualizado e registra a última vez que alterações foram feitas.

Sitemaps XML não eram, como algumas pessoas pensavam, uma ferramenta para otimização de mecanismo de busca. Não afeta a classificação, mas permite que os mecanismos de pesquisa façam classificações e pesquisas mais precisas. Ele faz isso fornecendo os dados que um mecanismo de pesquisa precisa e colocando-os em um lugar – bastante útil, visto que existem milhões de sites para explorar.

Para encorajar outros mecanismos de pesquisa a adotarem o protocolo XML, o Google o publicou sob a licença Attribution/ShareAlike Creative Commons. Seus esforços valeram a pena, pois o Yahoo e a Microsoft decidiram utilizar também o protocolo, que foi atualizado para o Sitemap 0.9, além disso patrocinaram conjuntamente o www.sitemaps.org, um site para explicar o protocolo. Esta foi uma boa notícia para os proprietários de sites e um sinal elogiável de cooperação entre concorrentes conhecidos.

O reconhecimento compartilhado do protocolo XML significa que os desenvolvedores de sites não precisam mais criar diferentes tipos de sitemaps para os diferentes mecanismos de pesquisa. Eles podem criar um único arquivo para envio e atualização quando fizerem alterações no site. Isso simplifica todo o processo de ajuste e expansão de um site.

Com essa mudança, o formato XML logo se tornou um recurso padrão em toda a criação e desenvolvimento de sites. Os próprios webmasters começaram a ver os benefícios que esse arquivo oferece. Os mecanismos de busca classificam uma página de acordo com a relevância de seu conteúdo para palavras-chave específica, mas antes do formato XML, havia casos em que esse conteúdo não era apropriadamente selecionado. Agora por meio do arquivo XML seu site será visto pelos principais mecanismos de busca.

Atualmente a maioria dos sistemas para criação de blogs e sites já criam seu sitemap automaticamente, porém se precisa de ajuda com isso existem vários sites que criam um sitemap em arquivo XML de maneira fácil para você, precisando apenas inserir o seu domínio.

Veja um exemplo de sitemap.

Nos links abaixo estão as dicas e instruções dadas pelos principais buscadores sobre como facilitar a localização de seu sitemap para eles.

Google https://developers.google.com/search/docs/advanced/sitemaps/build-sitemap#addsitemap
Binghttps://www.bing.com/webmasters/help/how-to-submit-sitemaps-82a15bd4